Estudar na universidade em França

Estudar na universidade pode permitir-lhe obter uma licenciatura, que pode ser útil para encontrar um emprego em França, ou pode até ser essencial para determinadas carreiras. As pessoas que não são francesas podem inscrever-se para estudar em França em determinadas condições.

Verificado por Ouarda Varda Sadoudi no dia 30/05/2022

Se pretender obter um curso universitário, pode pensar em inscrever-se numa instituição de ensino superior em França.

A seguir, encontrará as condições e passos que tem de seguir para se inscrever num curso universitário.

Se preferir prosseguir com a formação profissional, incluindo a formação certificada, pode visitar a nossa página dedicada.

O sistema universitário em França

Em França, os estudos universitários começam depois da escola secundária. A inscrição exige a conclusão com sucesso do ensino secundário, conhecida como "Baccalauréat (Bac)", ou um equivalente estrangeiro.

  • Existem diferentes tipos de instituições de ensino superior em França, incluindo:

    • "Universités", que são instituições públicas que dependem do estado francês e estão associadas a zonas de captação escolar geográfica conhecidas como "académies".
    • "Grandes écoles", que são estabelecimentos públicos ou privados acessíveis através de exames competitivos. Normalmente, é necessário fazer primeiro um curso específico de preparação de dois anos, conhecido como "classe préparatoir". A entrada nestes estabelecimentos é muito seletiva e as propinas são elevadas, mas têm uma boa reputação em França.
  • A educação universitária está dividida em três ciclos.

    Pode obter um grau no final de cada ciclo.

    Ciclo 1: Grau de Licenciado “Licence”/“Bac+3

    O primeiro ciclo dura três anos. Os três anos chamam-se “Licence 1”, “Licence 2” e “Licence 3”.

    No final deste ciclo, pode obter um diploma denominado "Licence" ou "Bachelor", dependendo do curso que seguiu. Obteve agora o nível "Bac+3".

    Ciclo 2: Grau de Mestre "Master"/"Bac+5"

    O segundo ciclo dura dois anos. Estes anos chamam-se “Master 1” e “Master 2”.

    No final deste ciclo, pode obter um "Master" ou um grau de Mestre. Obteve agora o nível "Bac+5".

    Ciclo 3: Doutoramento/“Bac+8

    O terceiro ciclo dura três anos e é equivalente ao doutoramento.

    No final do Doutoramento, pode obter um diploma chamado "Doctorat".

Condições

Os estudos em França estão abertos a qualquer pessoa, independentemente da nacionalidade.

No entanto, é necessário cumprir determinadas condições:

  • A inscrição no primeiro ano da universidade exige a conclusão com sucesso do ensino secundário, realizando o exame conhecido como "Baccalauréat (Bac)" ou um equivalente estrangeiro.
  • Para poder inscrever-se em níveis superiores ao primeiro ano, terá de ter obtido graus universitários.
  • Assim que a sua inscrição tiver sido aceite, e se ainda não tiver direitos de residência, terá de pedir uma autorização de residência "titre de séjour", mencionando a palavra "étudiant" ou estudante.

As universidades estabelecem as suas próprias condições. Por exemplo, algumas exigem um nível mínimo de francês de B2.

Propinas

O valor das propinas dos estudos universitários é muito variável e depende de muitos fatores, como a instituição escolhida, o nível dos graus obtidos no final, mas também da sua nacionalidade.

Em alguns casos, é possível receber assistência financeiraconhecida como bolsas de estudo ou"bourses" para pagar os seus estudos, mesmo que não seja francesa.

Pode contactar diretamente as universidades que lhe interessam para conhecer os preços e as "bourses" disponíveis.

Procedimento

Pode procurar uma instituição de ensino superior ou "établissement d'enseignement supérieur" perto de si neste site.

  • A inscrição em cursos universitários ocorre normalmente entre março e junho.

    Recomenda-se que contacte diretamente a universidade escolhida por si para saber mais sobre o programa de inscrição e como proceder.

    O processo de inscrição dependerá de um conjunto de fatores, incluindo o nível do grau pretendido, o país em que reside atualmente e a sua nacionalidade:

    • Se for cidadão de um estado-membro da União Europeia, pode seguir o mesmo processo de inscrição que um estudante francês.
    • Se residir atualmente na União Europeia, mas não for cidadão de um estado-membro da União Europeia, terá de:
      • apresentar um pedido de pré-admissão ou "demande d'admission prealable (DAP)" para se inscrever no seu primeiro ano académico
      • contacte o estabelecimento relevante diretamente para se inscrever em níveis acima do primeiro ano.
  • As qualificações obtidas noutro país podem ser reconhecidas em França mediante certas condições.

    Para o solicitar, deverá contactar o departamento responsável pela emissão dos documentos que permitem o reconhecimento das qualificações na maioria das áreas abrangidas, conhecido como "centre ENIC-NARIC":

    • se forem responsáveis por reconhecer o seu grau, podem informá-la do procedimento a seguir
    • se não forem responsáveis por reconhecer o seu grau, irão remetê-la para o departamento relevante.
  • Geralmente, é necessário incluir o seguinte na sua candidatura:

    • Um documento chamado "Curriculum Vitae" ou "CV" que descreve a sua experiência profissional, a educação e formação que realizou e as qualificações que obteve.
    • Uma carta de apresentação ou "lettre de motivation" explicando por que motivo se candidata a este curso universitário e por que razão acha que é um bom candidato.
    • Cópias das qualificações que obteve. Se as tiver reconhecido em França, anexe também os documentos associados.
    • Um documento chamado "certificat" que certifique o seu nível de francês. Para obter este documento, tem de realizar um teste num centro. Pode procurar um centro de testes perto de si neste site.

    Se os seus documentos não estiverem em francês, primeiro devem ser traduzidos por um tradutor juramentado chamado "traducteur assermenté":

    • Em média, a tradução custa 30 a 80 euros por página.
    • Pode pesquisar online ou pedir à embaixada do seu país em França uma lista de "traducteurs assermentés" no seu idioma. No entanto, se for um refugiado político em França, não deverá contactar as autoridades do seu país de origem. Em vez disso, contacte uma organização que ofereça serviços gratuitos designada "association" especializada em direito dos refugiados.

Encontrar apoio

Em França, existem muitos serviços que a podem apoiar, aconselhá-la e ajudá-la nos procedimentos e documentação. A maior parte deles é gratuita.

  • O "Pôle Emploi" ajuda as pessoas a encontrar emprego e pode aconselhar sobre a criação de negócios. Também gerem os subsídios de desemprego franceses ou "allocations de retour à l'emploi" normalmente conhecidos como "chômage".

    • Este serviço é gratuito.
    • Para poder utilizar este serviço, tem de se registar online. Receberá depois uma marcação para uma agência perto de si.
    • Idiomas disponíveis: sobretudo francês.
    • Contacto: o registo é feito online no respetivo site. Se precisar de os contactar, existem várias formas:
      • pode enviar-lhes um e-mail a partir do seu espaço pessoal depois de criar o seu perfil online
      • pode ligar-lhes para o número 3949, disponível segunda-feira, terça-feira e quarta-feira das 8:30 às 16:30, quinta-feira das 8:30 às 12:30 e sexta-feira das 8:30 às 15:30.
      • pode visitar uma agência perto de si, pessoalmente e sem marcação, de manhã.
  • Os assistentes sociais ou "travailleurs sociaux"e "assistants sociaux" são profissionais que apoiam as pessoas nos seus procedimentos administrativos e ajudam-nas a encontrar soluções de acordo com as dificuldades com que se deparam.

    • Estes serviços são gratuitos.
    • Pode marcar uma reunião para receber aconselhamento personalizado de acordo com a sua situação e ajudá-lo nos passos seguintes, por exemplo: candidaturas a assistência financeira estatal, candidaturas a habitação social, registo no centro de emprego francês "Pôle emploi", etc.
    • Idiomas disponíveis: sobretudo francês.
    • Contacto: pode pedir uma reunião com um "travailleur social" junto de:

Embora tenha havido o máximo cuidado para lhe apresentar as informações mais exatas e atualizadas, esta página não se destina a substituir aconselhamento jurídico ou profissional. As leis e os procedimentos mudam regularmente, pelo que é importante consultar profissionais qualificados.

Isto também lhe pode interessar

Aprender francês

Em França, infelizmente, existem muito poucos serviços e formulários disponíveis em idiomas…

Assistência a crianças com menos de três anos

Em França, a frequência escolar é obrigatória para todas as crianças a partir dos três anos de…

Pedir apoio financeiro do estado

Existem muitas formas de assistência financeira oferecidas pelos organismos públicos franceses para…

Para intervenção policial:

Ir para cima